Três detidos em França por suspeita de planearem atentado

As detenções foram feitas em Clermont Ferrand, Marselha e na região da capital francesa

A polícia francesa deteve hoje, em várias zonas de França, três homens suspeitos de prepararem um atentado terrorista naquele país, informaram hoje os 'media' locais.

As detenções foram feitas em Clermont Ferrand (centro), em Marselha (sudeste) e na região da capital francesa, Paris, segundo a imprensa francesa.

Os serviços secretos franceses decidiram avançar com esta operação antiterrorista por considerarem que os planos dos suspeitos para realizar um ataque estavam avançados.

"Os suspeitos tinham um plano e estavam suficientemente avançados para que os elementos da direção-geral de segurança interna decidissem a sua detenção", disse uma fonte próxima à investigação citada pela agência noticiosa francesa AFP.

Na sua edição 'online', o diário regional La Montagne indicou que em Clermont-Ferrand a operação antiterrorista começou às 06:00 hora local (05:00 hora de Lisboa) no bairro Fontaine du Bac.

As buscas, conduzidas por equipas especiais das unidades anti-bombas e antiterrorismo, incidiram no apartamento do suspeito, situado num quinto andar, e numa garagem localizada perto do edifício de apartamentos.

Um homem na casa dos 30 anos foi detido.

As outras operações, em Marselha e na região parisiense, ocorreram em simultâneo.

Nos últimos dois anos, França tem sido abalada por vários ataques de caráter terrorista. Foi o caso do ataque contra o jornal satírico Charlie Hebdo (janeiro de 2015), dos ataques em Paris (novembro de 2015), do assassínio de um padre dentro de uma igreja na região norte da Normandia (julho de 2016) e do atentado em Nice (julho de 2016).

Já no corrente mês, um homem atacou com uma arma branca uma patrulha militar junto ao Museu do Louvre, em Paris.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG