Serviços secretos da Rússia dizem ter frustrado plano de ataques terroristas

Quatro pessoas foram detidas. Suspeitos teriam ligações ao Estado Islâmico

Os serviços de informação da Rússia (FSB) disseram hoje ter detido quatro pessoas e frustrado um plano de ataques no país com ligações ao grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Num comunicado, o FSB indica que dois dos detidos deveriam fazer-se explodir, um nos transportes de Moscovo e outro numa loja da capital russa.

Adianta ter descoberto um laboratório, fora da cidade, onde foram fabricados dispositivos explosivos.

A agência diz que os ataques eram comandados por dois militantes que lutam ao lado do EI na Síria e que são originários da antiga União Soviética.

Um dos quatro suspeitos detidos nos arredores de Moscovo é um cidadão russo, enquanto os restantes três são da Ásia Central, segundo o FSB.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG