Putin no Ártico para rearfirmar presença russa na região

Presidente da Rússia visitou o Arquipélago Franz Josef onde quer construir uma base permanente no território conhecido pelas reservas de petróleo

Vladimir Putin visitou esta quarta-feira o arquipélago Franz Josef, no Ártico. O presidente russo deixou assim clara a intenção do reforçar a posição neste território que é rico em petróleo. A visita contou também com a participação do primeiro-ministro Dimitri Medvedev.

Durante a visita, Putin andou pelos glaciares, reuniu-se com os militares estacionados no arquipélago, o ministro da defesa e o enviado especial para as questões da ecologia. Recentemente, a Rússia construiu uma nova estrada e está a trabalhar para abrir aqui uma base militar permanente no arquipélago.

Recorde-se que os estudos apontam que o Ártico tenha um quarto das reservas de petróleo e gás por descobrir no planeta. O que tem aumentado a corrida de vários países para reclamar territórios nesta zona do globo.

Rússia, Estados Unidos, Canadá, Dinamarca e a Noruega são os países que estão a tentar ter jurisdição de territórios no Ártico.

Em 2015, a Rússia submeteu uma proposta às Nações Unidas reclamando 1,2 milhões de metros quadrado do mar do Ártico.

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.