Universidade do Porto. Faculdade de Medicina suspende aulas

Governo avança com novas medidas de contenção a norte no dia em que o Presidente suspendeu a agenda, por ter recebido alunos de Felgueiras. Já o primeiro-ministro não vê razões para alterações nos próximos dias. Em Itália mais de 13 milhões de pessoas ficam proibidas de sair das suas regiões.

O balanço da Direção de Saúde este domingo dá conta de 30 infetados. Uma jovem de Portimão é o primeiro caso algarvio.

Tem vindo a subir o número de pessoas infetadas em Portugal e já ultrapassa as duas dezenas. Um homem que contraiu covid-19 em Itália é responsável por mais dez pessoas infetadas, todas no norte. A ministra da Saúde, Marta Temido anunciou no sábado à notie que alguns dos casos confirmados estiveram em instituições de ensino, elevando o risco local de transmissão.

"A autoridade nacional e as autoridades regionais de saúde recomendaram tecnicamente o encerramento da Escola Básica e Secundária de Idães, em Felgueiras; na Universidade do Porto, a Faculdade de Farmácia e o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, e o edifício do curso de História da Universidade do Minho", informou a governante, salientando estar em avaliação a necessidade de serem tomadas outras medidas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG