Itália regista o número de mortes mais baixo das últimas oito semanas

Morreram 174 pessoas vítimas de covid-19 no país transalpino nas últimas 24 horas.

A Itália contabilizou mais 174 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, o registo mais baixo desde o início do confinamento, a 10 de março, sendo agora o total de vítimas de 28.884. Segundo a Proteção Civil italiana, a curva dos novos contágios também segue em sentido descendente, tendo no último dia aumentado 1389 casos, para um total de 210.717, desde que a 21 de fevereiro foi detetado o primeiro caso positivo do novo coronavírus.

As autoridades italianas contabilizaram 100.179 pessoas que testaram positivo, menos 525 nas 24 horas, e ainda 81.654 que estão curadas.

No último dia do estado de emergência, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, voltou a pedir cautela à população, lembrando que a chamada "fase dois", o desconfinamento gradual que a Itália inicia na segunda-feira, não significa "libertar todos".

Em entrevista ao jornal La Stampa , o chefe do Governo sublinhou que "o vírus continua a circular" e que estão a ser estudados incentivos para os pais que trabalham, mas que têm de ficar a cuidar dos filhos, bem como para o turismo nacional.

Assegurou ainda que pedirá "pessoalmente" aos principais gestores dos bancos que acelerem a entrega de fundos para pequenas empresas e trabalhadores por conta própria, conforme previsto no decreto, para lhes conceder liquidez durante esta crise.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG