Filha de porta-voz de Putin é estagiária no Parlamento Europeu

Eurodeputada letã denuncia que eurodeputado francês de extrema-direita tem como estagiária no seu gabinete a filha do porta-voz do presidente russo e alerta para eventuais riscos de segurança

Elizaveta Peskova, filha do porta-voz de Vladimir Putin, Dmitry Peskov, é estagiária no gabinete do deputado francês de extrema-direita Aymeric Chauprade no Parlamento Europeu. A denúncia partiu da eurodeputada letã Sandra Kalniete, membro do PPE, por considerar que isso representa um risco de segurança tendo em conta os documentos a que a jovem pode aceder.

Efetivamente, na página de Chauprade no site do Parlamento Europeu, Peskova, de 21 anos, consta como estagiária. Citado pelo Le Monde, o eurodeputado, que foi eleito pelo partido de Marine Le Pen, União Nacional, do qual entretanto saiu, Chauprade esclarece que a jovem tem acesso a apenas "certos" documentos de trabalho das comissões. A saber: "são [documentos] publicados no site do Parlamento Europeu" e não são de "reuniões à porta fechada" nem sobre os trabalhos da delegação UE-Rússia à qual o eleito francês pertence atualmente.

Questionado sobre se a jovem estagiária russa não ouve as conversas que são mantidas no seu gabinete respondeu: "Ela está num gabinete separado do meu e não toca em nada que seja de domínio sensível". Chauprade é assumidamente pró-russo, no passado foi convidado como observador parte de uma associação pró-Kremlin no referendo da Crimeia, pronunciou-se contra as sanções europeias à Rússia e afirmou, em declarações à Sputnik, estar "convencido de que a Crimeia é russa".

O estágio de Elizaveta Peskova, na sua conta de Instagram tem mais de 78 mil seguidores, é remunerado a uma quantia de mil euros por mês, começou em novembro de 2018 e deve terminar em abril de 2019. Peskova está alojada em Bruxelas, capital belga que abriga as sedes das principais instituições e organismos da União Europeia.

Exclusivos