Explosão em mina de carvão faz 15 mortos e 18 desaparecidos

Estavam 35 mineiros dentro da mina quando se deu a explosão. Só dois conseguiram escapar

Quinze mineiros morreram e 18 outros estão desaparecidos devido a uma explosão de gás verificada esta segunda-feira numa mina de carvão no sudoeste da China, noticiou a agência de notícias Nova China.

Mais de 200 socorristas, entre os quais bombeiros, polícias e especialistas em minas, estão à procura de sobreviventes (ou corpos) nos vários poços da mina de Laisu, no distrito de Yongchuan, precisou a agência oficial chinesa.

Pelo menos 35 mineiros estavam a trabalhar debaixo de terra quando se produziu uma explosão, no turno da manhã. Apenas dois escaparam do interior da mina.

Todas as minas de carvão do município tiveram de parar para realizar testes de segurança.

A mina onde se deu a explosão é privada e está autorizada a produzir até 60 mil toneladas de carvão por ano.

A China é o principal produtor mundial de carvão, sendo frequentes os acidentes mortais nas suas minas.

Em setembro, pelo menos 18 pessoas morreram numa explosão de gás numa mina de carvão da região autónoma de Hui du Ningxia (norte). Em março, 19 outras pessoas morreram num acidente numa mina na província de Shanxi.

As autoridades afirmam que o número de mineiros mortos por ano é inferior a mil, o que representa uma diminuição significativa face à última década.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG