E os peixes voltaram aos canais de Veneza

Não há turistas, os níveis de poluição baixaram como nunca e o resultado é a Natureza a regressar à cidade: as águas estão transparentes e as aves migratórias substituíram os flashes das máquinas dos visitantes.

Itália é o país da Europa mais fustigado pela pandemia do novo coronavírus. Aos números negros - mais de 3000 mortes - e às imagens de ruas desertas e de médicos exaustos, a Natureza tem contrabalançado ao "devolver" os peixes aos canais da cidade, agora de águas límpidas. A poluição que escurecia as águas desapareceu desde que os turistas deixaram de viajar para a cidade.

Uma página no Facebook (e no Twitter) chamada "Venezia Pulita" (Veneza Limpa) tem mostrado as imagens dessa mudança, e há quem esteja absolutamente rendido aos efeitos benéficos da falta de visitantes.

Há cada vez mais habitantes a partilharem imagens dos peixes a nadar nas águas agora transparentes e das aves migratórias que voltaram a Veneza.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG