Dois polícias feridos com tiros de metralhadora em Moçambique

Os dois agentes tentavam travar um assalto a uma casa em Cuamba, Niassa, no norte do país

Dois agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) foram feridos com tiros de metralhadora ao tentarem travar um assalto a uma casa em Cuamba, Niassa, norte do país, anunciou esta quarta-feira a força de segurança.

Os polícias foram transportados para o Hospital Rural de Cuamba, enquanto os cinco supostos assaltantes e autores dos disparos continuam a monte, disse o porta-voz do comando provincial da PRM em Niassa, Alves Mate, citado pela Rádio Moçambique.

Os suspeitos estão trajados com uniformes militares e munidos de uma arma de fogo automática do tipo AK47, acrescentou.

Os cinco terão entrado numa casa depois de terem amarrado o guarda.

O proprietário da residência alertou o comando distrital, que destacou uma força para o local, que acabou por ser alvejada.

Durante a troca de tiros, os suspeitos puseram-se em fuga, concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG