Comerciantes boicotam Coca-Cola e Pepsi em favor da água de coco

Proibição de venda no estado de Tamil Nadu entrou esta quarta-feira em vigor para promover venda produtos locais.

Mais de um milhão de comerciantes do estado indiano de Tamil Nadu devem aderir à proibição de venda de Pepsi e Coca-Cola a partir desta quarta-feira e a favor do consumo de bebidas locais como a água de coco.

O boicote foi promovido pelas duas principais associações de comerciantes do estado, alegando que as empresas de refrigerantes retiram demasiada águas dos rios e deixam os agricultores em dificuldades para irrigar as terras.

"Estamos a promover refrigerantes indianos e vamos encorajar maiores vendas de sumos naturais", disse o presidente de uma das associações, Tha Vellaiyan, referindo que "bebidas como a Pepsi e a Coca-Cola não são boas para a saúde devido ao seu elevado nível de açúcar e químicos".

As associações de comerciantes instaram ainda os supermercados, restaurantes e hotéis a aderirem à proibição e "ajudarem o comércio local e os agricultores a prosperar".

A Pepsi e a Coca-Cola já tinham sofrido um boicote em 2006 no estado indiano de Kerala, com cerca de 30 milhões de consumidores, imposto pelo governo local. As duas companhias recorreram à justiça e ganharam, conseguindo provar que as bebidas eram seguras e não prejudiciais para a saúde.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG