A recessão já chegou aos EUA, anuncia o Bank of America

Os principais acontecimentos desta quinta-feira relativamente à pandemia.

Um estudo da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) estima que, em média, por cada 100 casos de Covid-19 em Itália, o país mais afetado na Europa, Portugal terá sete casos, apontando para um cenário grave em território nacional.

Espanha registou mais 169 mortos e 3.431 casos nas últimas 24 horas, de acordo com os números atualizados esta quinta-feira pelo Ministério da Saúde espanhol.

A região de Madrid está a converter 40 hotéis em unidades para receber cerca de 9.000 infetados com sintomas mais leves do novo coronavírus, que depois serão dirigidos para hospitais ou para casa consoante a gravidade do seu estado. O presidente do Senado brasileiro, Davi Alcolumbre, testou positivo para o novo coronavírus, permanecendo "em isolamento domiciliário e sem sintomas severos", informou na quarta-feira a câmara alta do Congresso.

Coreia do Sul, China e Singapura estão a enfrentar uma nova vaga de coronavírus, mas desta vez através de pessoas que vêm de fora desses países. Nesta quinta-feira, a China anunciou que teve 34 novos casos, mas todos importados. Singapura relatou 47 novos casos, dos quais 33 foram importados. E a Coreia do Sul sofreu um aumento de novos casos, com 152, embora não tenha referenciado quantos foram importados.

A companhia aérea de baixo custo Ryanair anunciou que a partir da próxima quarta-feira irá suspender todas as viagens na sequência das restrições impostas pelos governos para combater a pandemia de coronavírus.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG