Cadeia espanhola de hotéis é a primeira no mundo a fazer testes rápidos gratuitos aos clientes

Room Mate Group quer garantir a segurança sanitária a todos os clientes que se hospedem nas suas unidades.

A cadeia espanhol de hotéis Room Mate vai tornar-se a primeira em todo o mundo a fazer testes rápidos gratuitos aos clientes, após receber aprovação por parte das autoridades de saúde espanholas.

Cada cliente poderá fazer o teste entre três e cinco dias antes do check-in num dos centros da extensa rede Quirónprevención ou já em pleno átrio do hotel, onde uma enfermeira prestará esse serviço entre as 13.00 e as 22.00.

O fundador e presidente do Room Mate Group, Kike Sarasola, defende que um dos passos a dar para reduzir os receios que as viagens causam em período de pandemia é a testagem massiva, o que até agora era inviável devido ao alto preço dos testes.

Porém, os testes rápidos vieram resolver o problema, dado o custo reduzido e a rapidez com que oferecem resultados, em apenas 15 minutos. "É preciso saber aproveitar os testes em massa para encurralar o vírus, para que as pessoas possam viajar novamente em paz. É um começo para controlar a pandemia", referiu, citado pelo portal HOSTELTUR.

Tudo isto não seria possível sem o acordo com a Quirónprevention, "uma das líderes mundiais no seu ramo", que está a desenhar um protocolo de ação para oferecer aos cientes da cadeia de hotéis. "Desta forma, garantimos que o hotel é um local seguro onde todas as pessoas, nacionais ou estrangeiras, tenham resultados negativos no teste, que repetimos de cinco em cinco dias. Assim poderão desfrutar de tranquilidade e segurança sanitária", referiu Sarasola.

Companhias aéreas como a Emirates e a United já adotaram iniciativas semelhantes.

Para Sarasola, que garante a criação de corredores seguros entre aeroportos e hotéis, "este é o caminho a seguir para todos os hotéis que têm uma grande rotatividade de clientes, para que eles possam voltar a viajar em paz".

Este serviço estará disponível dentro de 10 dias, inicialmente apenas nos hotéis em Espanha como teste piloto, mas a ideia é expandir a ideia para os hotéis da cadeia fora do país.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG