Bali fecha as portas a turistas estrangeiros até ao final do ano

A ilha da Indonésia, conhecida pelos seus encantos naturais e por ser um paraíso para o surf, recuou no plano de reabertura e, com os casos de covid-19 a aumentar, até ao final de 2020 não permitirá a entrada de turistas estrangeiros.

Os turistas estrangeiros não terão permissão para visitar Bali até ao final de 2020 devido a preocupações com o novo coronavírus, disse o governado local, descartando um plano para abrir a ilha indonésia a partir do próximo mês.

O centro turístico reabriu praias, templos e outros pontos turísticos para visitantes domésticos no final de julho e disse que permitiria o regresso de turistas estrangeiros em 11 de setembro.

Mas o plano agora foi cancelado devido a preocupações com os crescentes casos de vírus na Indonésia e com muitos estrangeiros sujeitos à proibição de viagens nos seus países de origem.

Jacarta também ainda não suspendeu a proibição de entrada de turistas estrangeiros na Indonésia.

"A situação na Indonésia não permite que turistas internacionais visitem a Indonésia, incluindo Bali", disse o governador da ilha, I Wayan Koster, numa carta oficial datada de sábado.

"O governo central apoia os planos (de Bali) de recuperação do turismo abrindo as portas a turistas internacionais. No entanto, isso exige cuidado, prudência e requer uma preparação cuidadosa", acrescentou.
Não deu uma nova data para permitir a visita de turistas estrangeiros.

O volume de voos de e para Bali parou durante a pandemia global, deixando hotéis vazios e restaurantes na luta para sobreviver.

Bali registou cerca de 49 mortes e pouco mais de 4000 casos do novo coronavírus.

"Os novos casos estão sob controlo, a taxa de recuperação está a aumentar e a taxa de mortalidade está sob controlo", disse Koster.

Em todo o país, a Indonésia viu pelo menos 6680 mortes por vírus com mais de 153 mil casos confirmados, mas acredita-se que o número real esteja oculto por testes limitados.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG