Agência Europeia diz que vacina poderá estar pronta dentro de um ano

Agência Europeia acredita no cenário "otimista", mas alerta para a possibilidade de atrasos e mostra-se cética em relação aos relatos de que uma vacina poderia estar pronta em setembro

Num cenário "otimista", com base em dados de ensaios em andamento, uma vacina para o covid-19 poderá estar pronta dentro de um ano, informou esta quinta-feira a Agência Europeia de Medicamentos (AEM).

"Podemos ter a possibilidade, se tudo correr como planeado, de que algumas das vacinas estejam prontas para aprovação daqui a um ano", disse Marco Cavaleri, chefe de estratégia de ameaças e vacinas à saúde biológica da AEM, em uma entrevista coletiva em vídeo.

"Essas são apenas previsões baseadas no que vamos vendo. Mas devo enfatizar novamente que esse é o melhor cenário. Sabemos que nem todas as vacinas que entram em desenvolvimento podem são autorizadas e que também pode haver atrasos", acrescentou.

A agência mostra-se, no entanto, "um pouco cética" em relação aos relatos de que uma vacina poderia estar pronta a partir de setembro.

Porém, a agência da União Europeia com sede em Amesterdão minimizou os temores expressos pela Organização Mundial da Saúde de que o vírus "poderá ​​nunca desaparecer". "Acho que é um pouco cedo para o dizer, mas temos boas razões para estarmos suficientemente otimistas que algumas vacinas farão desaparecer o vírus", disse Cavaleri. "Eu ficaria surpreso que se não tivermos nenhuma vacina para o covid-19".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG