Adolescentes em fuga poderão estar escondidos em floresta

Os jovens são suspeitos de assassinar um casal de namorados e um professor universitário. Autoridades concentram as buscas numa pequena cidade do Canadá rural com mil habitantes.

As buscas da polícia canadiana para encontrar Kam McLeod e Bryer Schmegelsky, de 19 e 18 anos, suspeitos de ter matado um casal de turistas e um homem no norte da Columbia Britânica, concentram-se numa pequena cidade de cerca de mil habitantes do estado de Manitoba, no noroeste do país, diz a CNN.

As buscas para encontrar os adolescentes começaram na quinta-feira e fizeram com que as autoridades percorressem mais de três mil quilómetros, segundo a CNN.

"Os nossos agentes realizaram buscas detalhadas e minuciosas nas possíveis áreas de interesse por parte dos jovens desaparecidos. As buscas continuam", afirmou na passada quinta-feira aos meios de comunicação, Julie Courchaine, da Real Polícia Montada do Canadá (RCMP)."Esta é uma área muito grande, há muita floresta, pântanos, por isso é um desafio encontrá-los", rematou o membro da polícia canadiana. Para as buscas estão a ser utilizados cães e meios aéreos.

Os jovens foram dados como desaparecidos mas rapidamente passaram a suspeitos do triplo homicídio, dando início a uma operação de caça ao homem. Foram vistos pela última vez em Gillam, Manitoba, a cerca de 3300 quilómetros de onde ocorreram os crimes.

A população de Gillam tem tido cuidados especiais com receio dos jovens, nomeadamente, as portas trancadas durante o dia.

Jovens acusados de triplo homicídio

Os adolescentes são, então, acusados de terem assassinado um casal de turistas e um professor universitário de botânica cuja identidade não foi revelada.

As autoridades consideram os rapazes de perigosos e apelaram à população, através do Twitter, que lhes fizesse chegar qualquer informação sobre eles.

De acordo com a CNN, Alan Schmegelsky, pai do jovem Bryer, disse à imprensa canadiana que acredita que o filho queira morrer em "glória". Acrescentou, ainda, que o jovem provavelmente estará "a sofrer" e que quer morrer em confronto com as autoridades policiais.

Bryer Schmegelsky e Kam McLeod foram dados como desaparecidos desde que um carro foi encontrado incendiado numa autoestrada na Colúmbia Britânica, a 19 de julho. Tudo indicava que poderiam ter sido vítimas de crime, sem contactar com a família durante dias, no entanto as autoridades acreditam que os jovens podem estar envolvidos em três crimes, sendo declarados perigosos.

Casal assassinado

Lucas Fowler e Chynna Deese, um casal de turistas que partiu à aventura numa viagem pelo Alasca, seguiam numa carrinha quando esta avariou no meio de uma autoestrada perto de Liar Hot Springs. Muitos foram os que pararam para os tentar ajudar mas o casal garantiu que estava tudo controlado. No dia 15 de julho, foram encontrados mortos na berma da estrada.

Para além de Lucas e Chynna, também foi encontrado o corpo de Leonard Dyck, professor universitário de botânica com 64 anos, a 500 quilómetros dos corpos do casal. As autoridades acreditam que os jovens podem estar envolvidos no homicídio dos três indivíduos.

Onde poderão estar agora?

Os jovens Kam McLeod e Bryer Schmegelsky foram vistos a conduzir um carro de marca Toyota Rav 4, porém, a polícia afirma que o veículo foi encontrado, mais tarde, em chamas, perto de Gillam, numa pequena província. Não houve relatos de carros roubados na zona, por isso as autoridades acreditam que os jovens estarão escondidos nas proximidades.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG