Um morto em explosão num hospital de covid-19 da Ucrânia

A canalização de oxigénio de um hospital em Chernivtsi explodiu, provocou um incêndio numa enfermaria, causando também um ferido grave.

Um incêndio causado pela explosão na canalização de oxigénio de um hospital na cidade de Chernivtsi, no sudoeste da Ucrânia, onde estão internados doentes de covid-19, causando um morto e um ferido.

Em apenas um mês, este é o segundo incidente do género na Ucrânia, algo que se explica com o incumprimento dos regulamentos de segurança e com as infraestruturas obsoletas dos hospitais do país, informaram os serviços de emergência, acrescentando que "uma parte da canalização de oxigénio explodiu e pegou fogo", matando uma pessoa e ferindo outra.

Na sequência do acidente, 20 pessoas foram evacuadas de imediato, tendo o incêndio sido dado como extinto 15 minutos após a explosão, deixando um rasto de destruição na enfermaria, com camas e cadeiras queimadas.

Roman Klichuk, presidente da Câmara Municipal de Chernivtsi, confirmou que o incêndio ocorreu "numa das enfermarias onde os pacientes infetados com o novo coronavírus estão a ser tratados"m acrescentando que o paciente ferido, com queimaduras graves, estava em tratamento intensivo, estando os médicos "a fazer todo o possível" para o salvar.

No início do mês, outras quatro pessoas morreram na cidade de Zaporizhzhya, no sudoeste da Ucrânia, devido a um incêndio na unidade de cuidados intensivos de um hospital que tratava doentes covid. Já em janeiro, 16 pessoas morreram noutro incêndio num lar ilegal na cidade de Kharkiv, no leste do país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG