Ucrânia: Rússia preocupada com planos dos EUA para enviar sistema de lançamento de foguetes

Embaixador russo em Washington salientou que estes planos apenas confirmam que os norte-americanos não têm qualquer intenção de contribuir para "uma solução pacífica".

O embaixador russo em Washington, Anatoli Antonov, manifestou na terça-feira preocupação sobre os planos dos EUA de enviar para a Ucrânia um sistema de lançamento múltiplo de foguetes, montado num veículo blindado ligeiro.

Antonov salientou que estes planos apenas confirmam que os norte-americanos não têm qualquer intenção de contribuir para "uma solução pacífica".

O diplomata observou também que as declarações do secretário adjunto da Defesa dos EUA, Colin Kahl, sobre a possibilidade de aumentar os fornecimentos de Sistemas de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade para a Ucrânia, são extremamente preocupantes e revelam o rumo de Washington no sentido de uma maior escalada.

"O facto de um alto funcionário do Pentágono ver a possibilidade de expandir os fornecimentos de sistemas de longo alcance é motivo de extrema preocupação. Esta observação pode ser vista como a intenção de Washington de avançar no sentido de uma maior escalada. Apenas confirma que os americanos não têm qualquer intenção de procurar uma solução pacífica", disse Antonov.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia, que mereceu a condenação de grande parte da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e a imposição de sanções à Rússia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG