Total de infetados com covid-19 na aldeia olímpica sobe para 91. Tóquio regista quase 2 mil novos casos

O aumento de casos em Tóquio nos últimos dias tem gerado preocupação entre os especialistas em saúde, que temem que a competição desportiva se possa tornar num evento super propagador de variantes altamente contagiosas, como a Delta.

O número de infetados com covid-19 na aldeia olímpica de Tóquio2020 subiu esta quinta-feira para 91, depois de mais dois atletas terem tido resultado positivo nos testes, num total de quatro residentes agora afetados pelo novo coronavirus.

A skateboarder Candy Jacobs, dos Países Baixos, e o tenista checo Pavel Sirucek, tiveram resultado positivo, pelo que foram transferidos para um hotel, onde vão ficar de quarentena.

Além dos dois desportistas, também "dois funcionários nos Jogos" foram infetados, sendo que esta categoria pode envolver treinadores e oficiais de equipas que ficam no complexo na baía de Tóquio.

Este número não inclui atletas que tiveram resultado positivo em casa - ou em estágios no Japão - antes da viagem programada para Tóquio, e que falharão o evento.

As autoridades de Tóquio contabilizaram esta quinta-feira 1979 novos casos de covid-19, na véspera da inauguração dos Jogos Olímpicos na capital, número que é o mais alto em mais de seis meses.

O aumento de casos nos últimos dias tem gerado preocupação entre os especialistas em saúde, que temem que a competição desportiva se possa tornar num evento super propagador de variantes altamente contagiosas, como a Delta, que já corresponde a uma percentagem significativa dos novos contágios em Tóquio e a nível global.

Cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos vai decorrer sem público

Os números desta quinta-feira, os mais elevados desde meados de janeiro, foram registados um dia antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que vão decorrer sem público devido às restrições em vigor na capital, mas que vai contar com a presença de 950 convidados e pessoas ligadas à organização.

A capital japonesa vive, neste momento, o seu quarto estado de emergência, que se manterá até 22 de agosto, abrangendo a duração total dos Jogos Olímpicos, que começam na sexta-feira e terminam a 8 de agosto.

Os adeptos estão banidos de todos os locais na área de Tóquio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG