Fontes russas confirmam morte de oficial em Mariupol

Segundo o governador de Sebastopol, "Andrei Nikolayevich Paly foi morto durante a luta para libertar Mariupol dos nazistas ucranianos".

Um subcomandante da Frota do Mar Negro da Rússia foi morto em combate na cidade portuária de Mariupol durante "uma operação militar na Ucrânia", segundo o governador de Sebastopol.

"Andrei Nikolayevich Paly foi morto durante a luta para libertar Mariupol dos nazistas ucranianos", revelou Mikhail Razvozhayev, no Telegram. O Ministério da Defesa da Rússia ainda não confirmou a morte do oficial.

De acordo com o governador de Sebastopol, Andreï Paly era "um verdadeiro oficial de uma dinastia militar", que tinha "grande autoridade na frota" russa, tendo morrido no sábado em confrontos na zona de Mariupol, cidade portuária estratégica no sudeste da Ucrânia, sitiada há várias semanas pelo exército russo.

Sebastopol é uma cidade portuária na Crimeia - anexada por Moscovo em 2014 - e a base da Frota do Mar Negro da Rússia. Segundo o governador, Paly era uma "pessoa aberta e decente" e "desfrutava de grande autoridade na frota". "Sebastopol sofreu uma perda pesada e irreparável", segundo Yekaterina Altabaeva. A legisladora de Sebastopol na câmara alta do parlamento russo informou ainda que Paly morreu durante "batalhas pela libertação de Mariupol dos nazistas".

Segundo meios de comunicação social russos, Paly foi, em 2020, vice-comandante das forças russas na Síria, onde a Rússia tem intervindo militarmente desde setembro de 2015, em apoio às forças do regime de Bashar Al-Assad.

A Rússia invadiu a Ucrânia a 24 de fevereiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG