Premium "Dentro de dois ou três anos haverá 50 doutorados em Português na China. É impressionante!"

Luís Faro Ramos, presidente do Instituto Camões, está a acompanhar o Presidente da República na China, país que conta com 4000 alunos de Português em 40 universidades. Fora da Ásia, a América Latina é outra aposta. Em África, Angola é já uma grande promotora da língua portuguesa.

A língua que estamos a usar para conversar, quantas pessoas a usam no dia-a-dia?
A língua portuguesa é falada por mais de 260 milhões de pessoas, que são as populações da CPLP, e a elas juntaria a nossa diáspora, que tem cinco milhões, mais todos os que estão pelo mundo fora a aprender português. Diria, sem ser muito arriscado, que deve andar por volta dos 270 milhões.

O português consegue ainda estar entre as cinco línguas mais faladas do mundo?
Sim, e refiro também que a língua portuguesa é a mais falada no hemisfério sul. E a terceira mais utilizada no Facebook.

Ler mais

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.