Premium Do Flashback à Circulatura do Quadrado - ou do karaté ao jogo de florete

Já houve narizes vermelhos nas caras, um rosto pintado de preto e muito sangue e pugilato. José Magalhães recordou histórias antigas do programa que agora migra para a TVI com o nome de Circulatura do Quadrado.

Jorge Coelho tem o jornal desportivo aberto na mesa. Foi Carlos Andrade, o moderador do programa Quadratura do Círculo, quem lhe disse para ir comprar o Record, "que tenho aqui à minha frente", diz o socialista, antigo ministro, atual gestor e comentador. "É verdade", conta Coelho, "o homem que nunca ligou nada a futebol, que não sabe nada, tem direito na primeira vez que tem uma reportagem sobre futebol a uma primeira página e às páginas centrais".

"Pacheco Pereira já gosta de futebol" - e o socialista lê o título da reportagem e de um outro artigo, "Eu nem sei o que é um fora-de-jogo". E Jorge Coelho não tira o pé do acelerador, contando que o historiador e antigo dirigente do PSD foi visto a protestar vivamente contra o árbitro num jogo. "Vocês fazem-me a folha", replicou timidamente Pacheco Pereira, entre os risos do moderador e do outro comentador, Lobo Xavier, gestor, também antigo dirigente do CDS, que lá introduz um apontamento mais racional à conversa - afinal, Pacheco Pereira apoia, através da associação Ephemera, a equipa de veteranos do clube da terra onde instalou a sua biblioteca, a Marmeleira, Rio Maior.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".