Premium Matosinhos projeta o futuro: dos candeeiros inteligentes à casa que gira

O projeto Living Lab-Carbono Zero, criado pela Câmara Municipal de Matosinhos e pelo CEiiA - Centro de Engenharia e Desenvolvimento, está entre os finalistas dos Prémios Europeus de Promoção Empresarial. Vencedores serão conhecidos a 20 de novembro.

Imagine uma casa que gira em função do sol, produzindo energia para as suas próprias necessidades, para carregar um carro elétrico e ainda para alimentar as necessidades energéticas dos edifícios à sua volta. Agora, imagine que os candeeiros da rua só se acendem quando passam peões e que, sempre que optar por utilizar a bicicleta ou o metro em vez do carro, lhe são dados créditos que pode usar para entrar em eventos públicos. Estas são algumas das soluções que integram o laboratório vivo que está a ser implementado em Matosinhos com vista à descarbonização do território. Um modelo do que poderá ser uma cidade no futuro, que irá representar Portugal na grande final dos Prémios Europeus de Promoção Empresarial (EEPA), a 20 de novembro, em Graz, na Áustria.

Estamos no número 1825 da Avenida Afonso Henriques, nas instalações do Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), que está a desenvolver o Living Lab Matosinhos, em parceria com a Câmara Municipal de Matosinhos. À entrada, foi instalada uma estação de bike-sharing e bike-parking, criada à imagem daquelas que em breve serão colocadas na autarquia e no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões - espaços onde os cidadãos poderão levantar bicicletas elétricas (20, no total) ou estacionar as suas.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG