Exclusivo Jacques Audiard: "'Os Irmãos Sisters' é um filme que me deixou otimista"

Pode um western ser uma experiência de humor e melancolia? Os Irmãos Sisters, do francês Jacques Audiard, prova que sim, e está a chegar às salas. Com Joaquin Phoenix e John C. Reilly.

Dois irmãos pistoleiros, os manos Sisters, terror do Oeste americano. Estamos em 1851 e Charlie e Eli Sisters são pagos para matar e exímios a disparar. A nova missão deles passa por assassinar um prospetor de ouro, que descobriu uma forma fácil de encontrar o metal precioso. Mas Eli e Charlie, em plena perseguição, começam a afastar-se: um sonha com uma vida normal, o outro está cada vez mais violento e não quer deixar as emoções de uma vida a cavalo na paisagem americana.

Os Irmãos Sisters é um western tão melancólico como divertido. Foi um dos filmes em destaque no circuito dos festivais da rentrée e é uma lufada de ar fresco no género: um western com a visão sempre livre de um dos maiores cineastas europeus, Jacques Audiard, Palma de Ouro em Cannes com Dheepan e autor de novos clássicos como O Profeta ou Ferrugem e Osso, aqui a filmar pela primeira vez em inglês, língua que não domina.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG