Premium The Last Dance. Chega ao fim o documentário que fez renascer a lenda Jordan

Michael Jordan como nunca se viu no The Last Dance. A história de uma lenda do basquetebol está a brilhar na Netflix. Mais de 500 horas de filmagens retratam a carreira e o último título do antigo jogador dos Chigaco Bulls.

A efervescência recente de histórias sobre Michael Jordan tem uma explicação. A culpa é de um documentário da Netflix em parceria com a ESPN - The Last Dance - que repassa toda a carreira da lenda do basquetebol americano e mundial. O basquetebolista que voava sobre os adversários em direção ao cesto, continua a marcar pontos, mais de 15 anos depois de se reformar à terceira tentativa, em agosto de 2004. A lenda continua viva e a prova disso é que, desde que foi transmitido o primeiro de uma série de 10 episódios sobre a vida do atleta e em especial a época 1997-98 ao serviço dos Chicago Bulls, a 19 de abril, as vendas da Nike e da Air Jordan dispararam. No Brasil, por exemplo o acréscimo foi de 650%.

Os últimos dois episódios do The Last Dance vão ser transmitidos esta segunda-feira. Para trás ficam histórias inéditas de amor e ódio daquele que é considerado o maior jogador de basquetebol de todos os tempos. Depois de anos de namoro, em 2016, Jordan aceitou a ideia do documentário. O primeiro trailer oficial foi conhecido em dezembro de 2018, sendo que a primeira data prevista para a estreia da série foi junho de 2020, tendo no entanto sido antecipada para abril a pedido de milhares de fãs. E não desiludiu. Em Portugal está no top 10 das séries mais vistas da Netflix.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG