Premium A explosão no Ártico russo, o aumento da radiação e o míssil com nome de filme de Bond

Uma explosão no passado dia 8 num local de testes russo deixou várias perguntas em suspenso, nomeadamente sobre que arma estaria a ser testada. Rússia disse o mínimo sobre o tema. O que é que aconteceu?

A 8 de agosto, sensores sísmicos e acústicos na Suécia, Finlândia e Noruega detetaram uma explosão por volta das 7.00 em Lisboa. Soube-se depois que tinha havido uma explosão numa base próximo da localidade de Nyonoksa, na região de Arkhangelsk, na costa do mar Branco, no Ártico russo. A base está em funcionamento desde 1954 e é lá que costumam ser testados os mísseis da frota naval russa.

As autoridades russas deram poucos pormenores sobre o incidente, falando na morte de duas pessoas e ferimentos noutras seis, por causa da explosão de "um motor a jato de combustível líquido". Mas já se falava num aumento da radiação nas localidade próximas.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG