Premium Quasimodo gritou do alto da catedral o seu amor por Esmeralda

O corcunda Quasimodo celebrizou Norte-Dame de Paris, construída para ser um símbolo da França: histórico, religioso e arquitetónico. A comunidade francesa chora pela catedral.

As gárgulas e quimeras parecem velar pela Catedral de Notre-Dame de Paris e por quem a visita. Serviram de cenário perfeito para Victor Hugo contar a história de Quasimodo, o corcunda se apaixona pela pela cigana Esmeralda, o par romântico do livro Notre-Dame de Paris .

Uma personagem que a todos apaixonou e, de certeza, está na mente de muitos dos 14 milhões de turistas que a visitam anualmente. Filas diárias para ver um monumento, que é dos poucos de Paris em que a maior parte pode ser visitada gratuitamente. As pessoas vão pela arquitetura, também pela religião, muitas crianças a querer percorrer os caminhos do corcunda de Notre-Dame

Ler mais

Exclusivos