Exclusivo Padre Feytor Pinto. Passou 40 dias no hospital, mas venceu a covid aos 88 anos

Foi no Hospital de Santa Maria que começou a trabalhar enquanto sacerdote ligado à saúde. E foi ali que teve de ser internado a 23 de outubro e tratado quando foi atacado pelo "vírus que invadiu o mundo neste ano e sem razão de ser".

A voz ao telefone continua a mesma. "Diga-me", ouve-se do outro lado, como se nada se tivesse passado desde a última conversa que tivemos sobre a Lei de Bases da Saúde e o destino do Serviço Nacional de Saúde (SNS), há dois anos e meio.

Na altura, e por ter mais de 40 anos de trabalho ligado à saúde, como presidente da Pastoral da Saúde, integrou um grupo de personalidades que defendiam uma nova lei para o SNS, criado há mais de 50 anos, e por haver necessidade de o moldar à realidade atual.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG