Premium A queda do "engenheiro" do futsal do Benfica. "Perdi o controlo de toda a minha vida"

Luís Moreira está acusado de desviar 5,8 milhões de euros em negócios de compra e venda de terrenos. Antes, foi diretor do departamento de futsal do clube da Luz e por três vezes eleito o dirigente do ano. Está detido desde junho.

Era conhecido como o "engenheiro" e liderou o departamento de futsal do Benfica entre 2001 e 2007, este último o ano em que diz ter perdido o controlo e entrado numa espiral de destruição que o levou à cadeia. Luís Moreira, de 57 anos, é acusado de desviar 5,8 milhões de euros de negócios relacionados com a compra e venda de terrenos. Está preso desde junho em Portugal, depois de nove anos a ser procurado pelas autoridades - pelo meio ainda escapou de uma prisão brasileira.

Começou a ser julgado a 3 de outubro - nesta quinta-feira há nova audiência do julgamento -, tendo já confessado no tribunal parte dos crimes (dez de falsificação de documentos e 11 de burla qualificada). "Quero limpar o meu nome", diz, através da família, ao DN.

Ler mais

Exclusivos