Premium Marcha dos enfermeiros. Ordem paga autocarros, um sindicato decreta greve

A Marcha Branca dos enfermeiros é hoje em Lisboa. Quatro mil vêm em autocarros, pagos pela ordem que assume financiar um evento que, garante, não tem natureza sindical.

Não é uma manifestação, é uma marcha pela dignidade da profissão de enfermeiro e recusa conotações sindicais. Mas contará com a participação dos sindicatos - um decretou greve para garantir maior participação - e com o apoio da Ordem dos Enfermeiros (OE), que paga os mais de 70 autocarros que vão transportar gente de norte a sul do país até Lisboa.

A Marcha Branca, que no Dia Internacional da Mulher pretende homenagear uma profissão maioritariamente feminina, não deixa também de ser uma forma de chamar a atenção para os problemas deste setor, que ficou com imagem enfraquecida depois da greve cirúrgica que levou o governo a decretar uma requisição civil e a recorrer aos tribunais.

Ler mais

Exclusivos