Premium Terapeutas ou intérpretes nas escolas sem contratos renovados

Governo não está a renovar os contratos de técnicos especializados das escolas públicas, que foram candidatos ao programa de regularização dos precários na administração pública, acusa BE.

O Bloco de Esquerda quer que o governo explique por que não está a renovar os contratos de técnicos especializados das escolas públicas, como terapeutas da fala ou intérpretes, que foram candidatos ao programa de regularização extraordinária dos vínculos precários na administração pública (PREVPAP) mas ainda não têm os seus requerimentos homologados, conforme queixas que têm chegado ao grupo parlamentar bloquista.

Numa carta dirigida ao Ministério da Educação, a que o DN teve acesso, o BE acusa o governo e a Comissão de Avaliação Bipartida - encarregada de avaliar os requerimentos a pedir a integração na administração pública de quem tem vínculo precário - de "responsabilidade" por "este atraso".

Ler mais

Exclusivos