Premium A teoria da ilusão do puto-aranha

Um Homem-Aranha juvenil em tom certo estreia-se hoje. Tom Holland é de uma leveza jubilatória num dos melhores filmes do universo Marvel. Homem-Aranha: Longe de Casa consegue o feito de não ser apenas para a miudagem...

O melhor filme de super-heróis dos últimos tempos. Dizer isto numa altura em que é raro um filme da Marvel ou DC ser decente não é o melhor dos elogios, nem por sombras, mas este Homem-Aranha - Longe de Casa, de Jon Watts, é uma excelente proposta de entretenimento, o regresso daquela sensação de estarmos a ver um legítimo "filme de verão".

Nesta sequela de Homem-Aranha - Regresso a Casa (2017), temos o mesmo cineasta e argumentistas, a mesma frescura desta nova encarnação em sintonia com o Marvel Cinematic Universe (é assim que se chama oficialmente toda a ligação entre filmes da Marvel, independentemente de este ser da Sony e não da Disney), mas também uma profundidade de comic book mais autêntica e irreverente.

Ler mais

Exclusivos