Um em cada cinco doentes de baixa foi considerado apto para o trabalho

Juntas médicas fiscalizaram mais de 224 mil baixas desde janeiro. 100 recibos verdes estão a descontar pelo escalão mais baixo

O governo reforçou o controlo das baixas por doença tendo chamado às juntas médicas, entre janeiro e setembro deste ano, um total de 224.796 pessoas. São mais cerca de 30 mil do que as verificações registadas no mesmo período do ano passado e mais 90 mil do que em 2014. Daquele total, uma em cada cinco pessoas foi considerada apta para o trabalho.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG