15 multimilionários que mais fizeram doações para o combate à covid-19

À medida que a pandemia de coronavírus se espalha pelo mundo, vários multimilionários fazem doações para ajudar na luta contra a doença.

Desde meados de março, a Forbes tem acompanhado os multimilionários que estão a fazer doações para ajudar as diversas causas contra a covid-19.

Enquanto a maioria das 2.095 pessoas mais ricas do mundo ainda não doou ou não divulgou quanto gastou, pelo menos 77 deles abriram as suas carteiras. Desses, 54 divulgaram pelo menos parte das doações feitas, enquanto outros 23, como Joseph Tsai, da Alibaba, deram quantias não especificadas de dinheiro ou prestaram assistência na forma de serviços ou equipamentos médicos que não se consegue quantificar.

Desses multimilionários, Jack Dorsey surgiu como o doador mais generoso até agora, depois de anunciar a 7 de abril que tinha transferido cerca de 920 mil milhões de euros em ações suas da Square (28% da sua riqueza pessoal), para causas solidárias, incluindo a luta contra a covid-19. Não é claro quanto desse montante será destinado à pandemia (até agora distribuiu cerca de 4,5 milhões de euros a quatro organizações).

A segunda maior doação vem do magnata da tecnologia indiano Azim Premji, que planeia doar 121 milhões de euros para ajuda humanitária e intervenções de saúde para conter a propagação. Bill Gates vem em terceiro lugar, com 96 milhões prometidos, principalmente para serem gastos em vacinas, tratamento e desenvolvimento de uma cura.

Descubra os 15 multimilionários que mais doaram a partir das suas fortunas. Não foram incluídas doações de empresas.

Jack Dorsey

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Ajuda humanitária
Valor da contribuição: 920 mil milhões de euros

Azim Premji

Residência: Índia
Área da contribuição: Ajuda humanitária, cuidados de saúde
Valor da contribuição: 121 milhões de euros

Bill Gates

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Tratamento e desenvolvimento de vacinas
Valor da contribuição: 96 milhões de euros

Andrew Forrest

Residência: Austrália
Área da contribuição: Equipamentos médicos e desenvolvimento de testes
Valor da contribuição: 92 milhões de euros ou mais

Jeff Bezos

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Ajuda contra a fome
Valor da contribuição: 92 milhões de euros

Michael Dell

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Desenvolvimento de vacinas e outras causas
Valor da contribuição: 92 milhões de euros

Lynn Schusterman

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Esforços económicos
Valor da contribuição: 64 milhões de euros

Amancio Ortega

Residência: Espanha
Área da contribuição: Ajudas médicas e compra de equipamentos
Valor da contribuição: 62,5 milhões de euros

Nicky Oppenheimer

Residência: África do Sul
Área da contribuição: Esforços económicos
Valor da contribuição: 50 milhões de euros

Johann Rupert

Residência: África do Sul
Área da contribuição: Esforços económicos
Valor da contribuição: 50 milhões de euros

Michael Bloomberg

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Socorro de países em desenvolvimento e outras causas
Valor da contribuição: 42 milhões de euros ou mais

Patrice Motsepe

Residência: África do Sul
Área da contribuição: Ajudas médicas e acesso a água
Valor da contribuição: 40 milhões de euros

Mark Zuckerberg

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Hospitais, pesquisa científica, educação
Valor da contribuição: 33 milhões de euros

David Tepper

Residência: Estados Unidos
Área da contribuição: Organizações humanitárias
Valor da contribuição: 18 milhões de euros

Alisher Usmanov

Residência: Rússia
Área da contribuição: Equipamentos médicos
Valor da contribuição: 18 milhões de euros

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG