Saiba quem são os dez futebolistas portugueses mais valiosos

De acordo com o site especializado Transfermarkt, Cristiano Ronaldo ainda é, aos 33 anos, o que mais vale. Numa lista em que nove jogadores têm 25 anos ou menos, conheça o único representante da I Liga

Cristiano Ronaldo ainda é o futebolista português mais valioso no mundo e é o primeiro nome numa lista de jogadores que, na sua maioria, fazem parte do rejuvenescimento recente da seleção nacional e de uma geração que está já a ter sucesso nos principais campeonatos europeus.

Dos dez jogadores portugueses mais valiosos, segundo dados do site especializado Transfermarkt, apenas o capitão da seleção nacional tem mais de 25 anos. Aos 33 anos, Ronaldo, avaliado em 100 milhões de euros, é o mais velho de um grupo em que os mais novos são Rúben Neves (40 milhões) e Rúben Dias (28), ambos com 21 anos. O central do Benfica é também o único representante da I Liga, no 10.º e último lugar da lista.

A Premier League dá três atletas à lista, os mesmos que a Liga espanhola. De Itália, além de Cristiano Ronaldo, surge também o colega João Cancelo, e Rony Lopes é o único que alinha no campeonato francês.

Destaque ainda para o segundo lugar de Bernardo Silva (65 milhões), que significa uma inversão do recém apresentado relatório do Observatório do Futebol (CIES), em que o jovem médio do Machester City ocupava o 16.º lugar do ranking dos mais caros do mundo, com um valor de mercado de 133,2 millhões de euros, superando Cristiano Ronaldo (19.º posto com 127,2 milhões de euros). O CIES afirma ter utilizado um modelo científico baseado em diversas variáveis (idade, atividade no clube e seleção, duração de contrato, última transferência, etc.) para prever o "interesse" e o "valor" dos jogadores.

Conheça os dez jogadores portugueses mais valiosos, de acordo com o Transfermarkt.

Cristiano Ronaldo (Juventus) - 100 milhões de euros

Aos 33 anos, o jogador da vecchia signora ainda vale 100 milhões de euros (a Juventus terá pago 117 ao Real Madrid) e não tem desiludido os adeptos italianos. Desde que chegou a Turim, Cristiano Ronaldo já leva 15 golos em 24 jogos, com a aventura transalpina a ficar também marcada pelo número de assistências de CR7. Dono da braçadeira da seleção nacional, é o maior artilheiro de sempre da equipa das quinas, com 85 golos em 154 internacionalizações. De acordo com o Transfermarkt, o máximo que Cristiano Ronaldo já valeu foi 120 milhões de euros, em 2014.

Bernardo Silva (Manchester City) - 65 milhões de euros

Bernardo Silva nunca valeu tanto como agora e para isso muito valerá o estatuto a que chegou, aos 24 anos, na equipa de Guardiola. Depois de mais de 50 jogos na época passada, em que conquistou a Premier League, leva 27 esta temporada e apontou sete golos. O Manchester City desembolsou 50 milhões de euros no verão de 2017 para contratar Bernardo ao Mónaco e, pelo que o português tem jogado em Inglaterra (e pelos elogios de Pep Guardiola), os citizens não devem estar arrependidos. Na seleção nacional, Bernardo Silva tem 33 jogos e 3 golos.

João Cancelo (Juventus) - 55 milhões de euros

Na linha do que aconteceu com Bernardo Silva, com quem partilha a idade, o despontar definitivo de João Cancelo aconteceu logo fora de portas, sem nunca ter atuado regularmente na I Liga. Depois de anos bastante positivos no Valência, alinhou a época passada em Milão, no Inter, por empréstimo. Esta época acabaria por permanecer no país e rumar à Juventus para ser colega de Cristiano Ronaldo. Tem destaque no competitivo plantel da Juve e leva já 15 jogos esta temporada. Fernando Santos tem chamado o jogador à seleção, no pós-Mundial 2018, e tem 3 golos em 12 jogos.

Rúben Neves (Wolverhampton) - 40 milhões de euros

Aos 21 anos o médio centro português é uma peça importante da armada portuguesa que tem feito uma boa campanha no Wolverhamtpon, com Nuno Espírito Santo a liderar. Depois de 42 jogos e seis golos na época transata, Rúben Neves tem justificado cada vez mais os cerca de 18 milhões de euros que o FC Porto recebeu pelo seu passe. No Wolves, quase sempre "à bomba", tem já três golos nos 20 jogos que fez esta época. Na seleção leva nove jogos e nunca valeu tanto dinheiro de acordo com o site especializado em transferências.

André Silva (Sevilha) - 35 milhões de euros

O jovem avançado português tem estado em bom plano esta temporada, ao apontar nove golos em 24 jogos no Sevilha. Atualmente com 23 anos, chegou a Espanha esta temporada, por empréstimo do AC Milan, que o foi contratar ao FC Porto no verão de 2017, a troco de cerca de 40 milhões de euros. Enquanto em Milão as coisas foram perfeitas, o percurso de André Silva na seleção tem sido pautado pelo acerto na hora de rematar à baliza. Em 31 internacionalizações, leva já 15 golos.

Nélson Semedo (Barcelona) - 35 milhões de euros

No verão de 2017, o Barcelona foi buscar Nélson Semedo ao Benfica sensivelmente pelo mesmo valor em que está neste momento avaliado pelo Transfermarkt. Sem nunca ser indiscutível na direita da defesa catalã, realizou 36 jogos pelo barça em 2017/2018. No desenrolar da presente temporada já tem 18 partidas, somando grande parte dos minutos dos jogos em que participou. Na seleção nacional, numa posição (defesa direito) em que existe imensa concorrência, o jogador de 25 anos tem 8 jogos.

Gonçalo Guedes (Valência) - 30 milhões de euros

A boa campanha de Gonçalo Guedes na temporada passada ao serviço do Valência fez com que a equipa espanhola pagasse 40 milhões de euros ao Paris Saint-Germain pelo passe do português. Aos 22 anos, o avançado não só é importante no clube como foi utilizado em todos os encontros de Portugal na curta campanha do Mundial 2018. Na seleção, leva 14 jogos e treze golos, algo que ainda não conseguiu no Valência esta temporada: não tem golos em 14 partidas. Em janeiro de 2018, o Transfermarkt avaliava-o em 40 milhões de euros.

Rony Lopes (Mónaco) - 28 milhões de euros

Rony Lopes, de 23 anos, é uma das principais figuras do Mónaco o que lhe valeu uma renovação de contrato no final de 2018, apesar de uma lesão no início da época. Recém regressado aos relvados, tem dois golos em sete jogos esta temporada. Na anterior, destacou-se no Principado ao fazer 17 golos em 50 partidas. Aos 23 anos já chegou também à seleção nacional, onde conta com duas internacionalizações. Em janeiro de 2018, o Transfermarkt atribuía-lhe o valor de mercado de 12 milhões de euros, número que disparou após a excelente temporada do médio.

André Gomes (Everton) - 28 milhões de euros

Depois de quatro temporadas em Espanha, duas no Valência (78 jogos) e duas no Barcelona (78 jogos), André Gomes tem regressado à boa forma em Inglaterra. Depois de tempos mais complicados na Catalunha, o médio de 25 anos voltou a mostrar serviço no Everton, orientado por Marco Silva, onde já leva 14 jogos. Com 29 internacionalizações na seleção nacional, foi peça importante dos heróis de Paris em 2016, que trouxeram o título de campeão europeu para Portugal. Em julho de 2016, o Transfermarkt avaliava-o em 30 milhões de euros.

Rúben Dias (Benfica) - 28 milhões de euros

Único representante da I Liga neste top 10, Rúben Dias viu o seu valor disparar consideravalmente desde que chegou a equipa principal do Benfica, na época passada, em que realizou 30 jogos. Com lugar ganho no eixo da defesa do Benfica, o central de 21 anos tem já 29 partidas esta temporada pelos encarnados. Pela seleção principal tem sete jogos e em fevereiro de 2018 valia sete milhões de euros.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.