Real Madrid arrasado no Parque dos Príncipes pelo PSG

Ángel Di María bisou para os parisienses, que até podiam ter construído um resultado mais volumoso. O Manchester City foi à Ucrânia vencer o Shakhtar de Luís Castro.

O Real Madrid foi arrasado pelo Paris Saint-Germain no Parque dos Príncipes. O PSG venceu por 3-0 e mostrou todas as debilidades da equipa de Zinedine Zidane, que bem pode agradecer não regressar a Espanha com uma derrota mais expressiva.

A noite foi do argentino Ángel Di María, que marcou os dois primeiros golos dos parisienses: logo aos 14 minutos, após passe de Juan Bernat; e depois aos 33' beneficiando de uma assistência de Idrissa Gueye. Recorde-se que o extremo foi jogador do Real Madrid, tendo deixado o clube de forma um pouco atribulada, porque o presidente tinha acabado de contratar o colombiano James Rodríguez.

É bom lembrar que o PSG jogou sem as estrelas Neymar, Cavani e Mbappé, o que aumenta a humilhação merengue. Acabou por ser o belga Thomas Munier a fechar as contas do jogo já muito perto do final, após mais uma assistência de Bernat. Um golo que colocou alguma justiça na partida, tantas foram as oportunidades desperdiçadas pela equipa treinada por Thomas Tuchel.

O PSG é assim líder do grupo A, uma vez que no outro jogo Club Brugge e Galatasaray empataram 0-0.

Guardiola vence Luís Castro

No grupo C, destaque para o Manchester City, que foi à Ucrânia vencer o Shakhtar Donetsk, treinado por Luís Castro, por esclarecedores 3-0. A equipa de Pep Guardiola, que vinha de uma embaraçosa derrota em Norwich para a Premier League, dominou por completo a partida e chegou à vantagem ainda na primeira parte com um golo do argelino Riyah Mahrez, que pouco depois assistiou Gündogan para o 2-0.

Na segunda parte, Gabriel Jesus fez o terceiro golo a passe de Kevin De Bruyne, tendo depois Guardiola lançado em campo os portugueses Bernardo Silva e João Cancelo, que começara a partida no banco de suplentes.

No entanto, o líder do grupo C é o surpreendente Dínamo Zagreb que, a jogar em casa, goleou a estreante Atalanta, por 4-0. Os croatas abriram o marcador por Marin Leovac aos 10 minutos, surgindo depois aquele que foi o grande pesadelo dos italianos, o avançado Mislav Orsic, autor de um hat-trick.

João Mário assiste e vence

Em destaque esteve o português João Mário, que contribuiu com uma assistência para a vitória do Lokomotiv Moscovo, na Alemanha, frente ao Bayer Leverkusen, por 2-1. O médio emprestado pelo Inter Milão lançou Krychowiak para o primeiro golo, mas um autogolo de Höwedes empatou a partida. Contudo, a equipa russa, que contou com Éder no banco de suplentes, beneficiou de um erro do guarda-redes alemão Lukas Hradecky para vencer o jogo graças a um golo de Barinov.

O Lokomotiv lidera, para já, o grupo D, à frente de Atlético de Madrid e Juventus.

Finalmente, no grupo B, o Bayern Munique recebeu e venceu os sérvios do Estrela Vermelha, por 3-0, com golos de Kingsley Coman, Lewandowski e Thomas Müller. Os bávaros estão na liderança, depois do empate 2-2 entre Olympiacos e Tottenham.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG