Martunis, o sobrevivente do tsunami, leiloa camisola de Ronaldo para ajudar vítimas do Covid-19

Indonésio sobreviveu à catástrofe natural que em 2004 roubou a vida a mais de 230 mil pessoas. Tinha uma camisola de Portugal vestida e logo foi apadrinhado pela seleção nacional e por CR7.

Martunis sobreviveu ao tsunami de 2004. Tinha sete anos. Foi encontrado sozinho, desnutrido e com uma camisola da seleção nacional portuguesa e rapidamente apadrinhado pelos portugueses, pela seleção nacional e por Cristiano Ronaldo. O capitão da seleção fez questão de ajudar o jovem sobrevivente, que agora decidiu leiloar uma camisola do seu ídolo para ajudar as vítimas do coronavírus na sua região. A Indonésia tem 4557 casos confirmados e quase 400 mortes.

O indonésio não se conseguiu desprender das camisolas de Portugal e por isso optou por leiloar uma camisola do Real Madrid assinada pelo português em 2013, quando o então jogador merengue visitou Aceh como embaixador do Fórum de Conservação dos Mangais de Bali. Nessa altura, Martunis estava ligado à escola da Fundação Real Madrid em Aceh, onde jogava futebol diariamente e voltou a encontrar Ronaldo.

A licitação da camisola começou nos quatro milhões de rupias, um pouco mais do que 230 euros. "Neste momento difícil, temos de nos apoiar. Vamos todos fazer os possíveis para ajudar", disse o indonésio, antes de anunciar que o leilão está aberto até dia 17, sexta-feira. Para já a licitação está a ser um sucesso e já passou os 25 milhões de rupias e está perto dos 1500 euros. O montante pode crescer exponencialmente nos próximos dias com a divulgação internacional da iniciativa, uma vez que os fãs de Ronaldo e do Real Madrid espalhados pelo mundo têm uma capacidade financeiro superior à dos adeptos indonésios e podem fazer chover licitações.

Depois de ser acarinhado pelos portugueses e ter sido ajudado pela Federação Portuguesa de Futebol com dinheiro para construir uma casa, Martunis tentou ser jogador de futebol. Influenciado pelo talento de Ronaldo, o jovem indonésio chegou mesmo a ser contratado pelo Sporting em 2017, mas o pouco talento para a prática da modalidade e a frágil condição física deitaram-lhe os sonhos por terra. Pouco depois voltou ao país de origem e acabaria a carreira devido a uma lesão grave no joelho.

Desiludido, o indonésio inscreveu-se na academia de polícia da província de Aceh, mas falhou no exame final. Agora não é policia nem joga futebol profissionalmente, mas "ajuda" a família" e tenta a sorte como celebridade social. É presença regular em programas de televisão e muito ativo nas redes sociais (há seis perfis no Facebook com o nome de Martunis Ronaldo, mas nenhum oficial), tem 135 mil seguidores no Instagram, 8732 no Twitter e 144 mil subscritores do seu canal no Youtube, no qual a maioria dos vídeos é dedicada a Ronaldo e à sua história de vida.

No ano passado, Martunis surpreendeu o mundo ao anunciar que se ia casar com Sri Wahyuni, que conheceu no Facebook, convidando Ronaldo para o casamento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG