Liga sul-coreana regressou com a vitória de um português

O tricampeão Jeonbuk, treinado por José Morais, venceu na estreia numa partida à porta fechada e com todas as regras sanitárias por causa do covid-19.

Um golo de Lee Dong-Gook deu esta sexta-feira a vitória ao tricampeão sul-coreano de futebol, Jeonbuk, treinado pelo português José Morais, frente ao Suwon Bluewings, por 1-0, naquele que foi o início do campeonato da Coreia do Sul.

Num jogo com bancadas vazias, disputado após um adiamento por dois meses do início do torneio devido ao novo coronavírus, o Jeonbuk iniciou da melhor forma a defesa do título, numa partida sem público nas bancadas mas que teve uma elevado número de pedidos para transmissão televisiva.

No estádio de Jeonju, num dia de muita chuva, o silêncio das bancadas contrastou com os gritos dos jogadores, num jogo com transmissão no Twitter oficial da K-League e em mais de 17 países com direitos televisivos, como Índia, Alemanha ou Austrália, entre outros.

"Já existia algum interesse antes na K-League, mas o número de pedidos de transmissão subiu com o anúncio do regresso da Liga", disse o presidente da Liga, Kwon Oh, acrescentando que outros contratos estão a ser negociados.

Com quase todos os campeonatos parados devido ao novo coronavírus -exceções da Bielorrússia, Nicarágua ou Turquemenistão -, o regresso dos jogos na Coreia do Sul foi um oásis no deserto para o futebol mundial.

"Queremos mostrar do que somos capazes e jogar um futebol de ataque", disse o médio Kim Bo-kyung ainda antes do jogo, em que o Jeonbuk apenas conseguiu chegar à vantagem, e à vitória, com o adversário reduzido a dez.

A expulsão do australiano Terry Antonis, aos 75 minutos, ajudou a equipa do José Morais, que esteve sempre por cima, mas só conseguiu marcar, num desvio ao primeiro poste após um canto, aos 84 minutos.

Na comemoração do golo, as regras sanitárias e o novo contexto mundial não foram esquecidos, com o avançado Lee Dong-Gook, de 41 anos, a usar o antebraço para cumprimentar os companheiros de equipa.

A Coreia do Sul iniciou o seu campeonato dois meses depois do que estava previsto antes da crise sanitária mundial, num período em que também a Taça da Ásia e Liga dos Campeões asiáticos foram suspensos.

Na Europa também quase todas as Ligas estão suspensas e em França e Países Baixos foram mesmo canceladas, enquanto a Alemanha tem previsto um regresso em 16 de maio, e Portugal já apontou a retoma para o fim de semana entre 30 e 31 de maio, sujeito ao consentimento das autoridades sanitárias.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG