Objetivo de CR7: vencer a Champions por três clubes diferentes e igualar Seedorf

Antigo médio holandês é o único futebolista da história a quem lhe são creditadas três Ligas dos Campeões por três clubes diferentes - Ajax, Real Madrid e AC Milan

Cristiano Ronaldo é insaciável, não descansa enquanto não obtém mais um recorde que esteja ao seu alcance. O seu próximo objetivo na Juventus, para além de se sagrar campeão italiano, será o de comemorar um novo título europeu e, assim, poder conquistar a sua quarta Liga dos campeões europeus consecutiva - o único a poder gabar-se disso - e a quinta em seis anos.

Mas Ronaldo tem mais um objetivo nesta nova etapa da sua carreira: o de igualar Clarence Seedorf, antigo médio holandês campeão europeu por três clubes diferentes (Ajax, Real Madrid e AC Milan). Ronaldo conquistou a Champions uma vez pelo Manchester United (2007/08) e quatro com a camisola merengue (2013-14, 2015-16, 2016-17 e 2017-18). Falta-lhe o título europeu com a Juventus para se equiparar a Seedorf e... a Francisco Gento, até hoje o único futebolista campeão europeu por seis vezes (1955/56, 1956/57, 1957/58, 1958/59, 1959/60, 1965/66).

No entanto é bom referir que tecnicamente Seedorf não foi o único jogador a ganhar a Champions por três clubes diferentes, visto que o camaronês Samuel Eto'o juntou aos dois títulos europeus no Barcelona, um deles à custa do Manchester United de Ronaldo, um outro no Inter de Milão de José Mourinho. Porém, em 1999/2000, o avançado fez 53 minutos na fase de grupos da prova em representação Real Madrid, que se sagraria campeão europeu, e acabaria por sair em janeiro... tal como Seedorf, mas esse triunfo não é creditado nem ao camaronês, nem ao holandês. Inclusivamente a UEFA em várias publicações atribui três Ligas dos Campeões a Eto'o e quatro a Seedorf, ignorando a competição da época 1999/2000.

Em todo o caso o que importa neste momento é Cristiano Ronaldo e a sua firme ideia de se consolidar como lenda da modalidade. E para que tal suceda, a sua passagem pela Juventus só poderá ser considerada um êxito com a conquista da Liga dos Campeões. Afinal, foi também por isso que a Juventus bateu o seu recorde transferências com a aquisição de CR7.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.