Federação dá por concluídos os campeonatos sem vencedores

A FPF decidiu fechar a temporada de futsal, futebol feminino, bem como o Campeonato de Portugal e a Liga Revelação por entender não existirem condições de saúde pública.

A direção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu esta quarta-feira dar por terminadas as provas nacionais de seniores não-profissionais de futebol e futsal, masculino e feminino, sem que haja campeões nem regime de subidas e descidas de divisão.

A decisão foi tomada, de acordo com o comunicado federativo, depois de uma reunião, por teleconferência, com as associações distritais e regionais, na qual foi concluído que "continuam a não estar reunidas as condições de saúde pública para que clubes com estruturas amadoras possam treinar e competir em segurança".

Nesse sentido, informa que ​​​​​​"analisará e comunicará com a maior brevidade possível" como serão indicados "os dois clubes que acedem à II Liga de futebol, bem como os representantes de Portugal na Liga dos Campeões de futebol feminino e de futsal masculino".

No âmbito da FPF estão o Campeonato de Portugal (terceiro escalão do futebol nacional), a Liga Revelação (sub-23) e os campeonatos e Taças de Portugal de futsal masculino e feminino. A FPF já tinha cancelado os campeonatos de todos os escalões de formação, que também se encontram sob a sua alçada.

Neste momento, mantém-se apenas em aberto os campeonatos profissionais organizados pela Liga, ou seja a I e II Liga, bem como a final da Taça de Portugal, organizada pela FPF.

Eis o comunicado na íntegra:

"A FPF reuniu-se, esta quarta-feira, por teleconferência, com as associações distritais e regionais para análise do impacto da pandemia covid-19 no futebol sénior não-profissional.

A FPF entende que continuam a não estar reunidas as condições de saúde pública para que clubes com estruturas amadoras, como é próprio das provas em que participam, possam treinar e competir em segurança.

Por outro lado, vigora em Portugal o Estado de Emergência, pelo menos, até ao dia 17 de abril, sendo possível a sua prorrogação.

Estas circunstâncias impedem o normal decurso das competições, sendo imprevisível antever quando e se tais condições de saúde pública estarão reunidas ainda durante esta época desportiva.

Assim, a Direção da FPF entendeu dar por concluídas, sem vencedores, todas as suas competições seniores que se encontram nesta data suspensas, não sendo atribuídos títulos nem aplicado o regime de subidas e descidas.

A FPF analisará e comunicará com a maior brevidade possível de que forma serão indicados os dois clubes que acedem à II Liga de futebol, bem como os representantes de Portugal na Liga dos Campeões de futebol feminino e de futsal masculino.

A FPF continuará a estudar com as associações distritais e regionais os moldes em que decorrerão as competições nacionais não-profissionais na época 2020/21."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG