Cristiano Ronaldo está de volta a Itália

Jogador da Juventus deixou a Madeira ao fim de 57 dias. Terá de cumprir 14 dias de quarentena em Turim antes de voltar aos treinos e fazer teste ao covid-19.

Ao fim de 57 dias de quarentena, Cristiano Ronaldo deixou a ilha onde nasceu há 35 anos para regressar a Itália. O jogador da Juventus viajou esta segunda-feira da Madeira rumo a Turim, junto com a família, no seu jato privado, segundo soube o DN.

Itália saiu esta segunda-feira do estado de emergência e o clube italiano pediu aos jogadores estrangeiros para regressarem a Turim. O que o português fez assim que possível. Estava previsto que viajasse no domingo, mas o avião particular esteve retido em Madrid à espera de autorização das autoridades portuguesas para aterrar e deslocar no aeroporto Cristiano Ronaldo.

O jogador estava na ilha desde 9 de março, dia em que chegou ao Funchal para visitar a mãe, que tinha sofrido um AVC. Durante os dias em que esteve na Madeira, o jogador português mostrou as belezas da ilha e da vida em família através das redes sociais. Também correram mundo as imagens dele a treinar no estádio do Nacional, clube de onde saiu para o Sporting em 1997, durante a quarentena. Esta segunda-feira foi feito sócio vitalício do clube.

Agora regressa a solo transalpino, na expectativa de ainda poder voltar a jogar futebol esta época. Apesar da evolução da pandemia dar mostras de estar controlada, ainda morrem por dia quase 200 pessoas em Itália, e o governo está renitente ao regresso do futebol. Mesmo que o calcio não regresse, a vecchia signora ainda tem jogos da Liga dos Campeões para jogar, uma vez que a UEFA pretende terminar as provas europeias.

CR7 terá agora de cumpriu 14 dias de quarentena em Itália, antes de voltar aos treinos com a camisola da vecchia signora. E poderá ter de fazer teste à covid-19. Segundo a imprensa italiana a Juventus - teve três jogadores infetados (Dybala, Rugani e Matuidi) - vai voltar a testar os jogadores antes do regresso aos treinos de grupo. Sessões de trabalho individual estavam previstas para hoje.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG