Uma lição de como marcar golos e golear

Benfica venceu Académica por 8-0 em Coimbra.

Nota positiva no segundo teste de pré-temporada para o Benfica. A equipa de Bruno Lage venceu, este sábado, a Académica, em Coimbra, por 8-0! Uma derrota pesada para a equipa dos estudantes agora liderados por César Peixoto.

Já sem Jonas - que acabou a carreira e com Chiquinho no lugar dele -, Bruno Lage promoveu outras cinco alterações no onze em relação à partida com o Anderlecht: saíram Zlobin, Salvio, Ferro, Florentino e Taarabt; entraram Svilar, João Ferreira, Rúben Dias, Samaris e Rafa.

A Académica entrou francamente melhor, criando um par de boas ocasiões, por intermédio de Ki e Hugo Almeida, mas aos poucos, o Benfica foi aumentando os níveis de agressividade na área - Caio Lucas andou perto do golo em três ocasiões. Adivinhava-se o golo e Rafa tratou de acertar na baliza pela primeira vez aos 23 minutos. O extremo podia até ter bisado depois de um bom trabalho de Chiquinho, mas não acertou na baliza. Um minuto depois, Raúl de Tomás aproveitou um erro infantil de Yuri e aumentou a contagem.

Depois o jogo foi interrompido por desacatos nas bancadas. Uma enorme confusão instalou-se numa das bancadas do Estádio Cidade de Coimbra, onde estavam adeptos do Benfica, e levou o árbitro a parar a partida perante a entrada de alguns adeptos no recinto de jogo. O encontro prossegui depois de tudo resolvido e o Benfica chegou ao segundo golo mesmo antes de sair para intervalo, mas o incidente motivou uma reação dura de Bruno Lage na zona de entrevistas rápidas.

Retomado o jogo, nova prenda da defesa dos estudantes e novamente De Tomas a marcar a fechar o primeiro tempo.

No regresso Lage substituiu toda a equipa. Taarabt fez de Gabriel, Jota fez de Chiquinho, mas foram Pizzi e Seferovic a construírem os golos mais bonitos. Até ao final, Conti (dois) e Taarabt aumentaram a dose numa goleada à antiga.

Antes da estreia oficial, a 4 de agosto, na Supertaça, frente ao Sporting, o Benfica vai ainda participar na International Champions Cup, nos Estados Unidos, onde vai defrontar os mexicanos do Chiuvas (20 de julho) e os italianos da Fiorentina (25) e do AC Milan (28).

Onze da Académica: Júlio Neiva; Silvério, Zé Castro, Yuri Matias e Mauro Cerqueira; Pedro Pinto, Reko e Ki; André Claro, João Traquina e Hugo Almeida

Onze do Benfica: Svilar, João Ferreira, Rúben, Jardel, Grimaldo, Samaris, Gabriel, Caio, Rafa, Chiquinho e De Tomas

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG