Pogba desmente ter feito um 'manguito' ao festejar golo francês

O jogador francês afirmou que apenas fez o "gesto habitual, com o braço e o punho no ar" enquanto comemorava o golo

O futebolista francês Paul Pogba desmentiu hoje "categoricamente" ter feito um 'manguito' no momento em que festejava o segundo golo da França contra a Albânia, na quarta-feira, em jogo do grupo A do Euro2016.

"Quero dizer sinceramente, mas com muita firmeza, que, seja qual for a interpretação que queiram fazer das imagens, jamais tive a intenção de atingir alguém ou de me vingar de quem quer que seja", disse Pogba através de um comunicado transmitido hoje pela Agência France Presse.

O médio francês explicou que estava "imensamente feliz" pela vitória sobre a Albânia e que se virou para a tribuna, onde sabia que se encontrava a mãe e os irmãos, e que fez o "gesto habitual, com o braço e o punho no ar".

Esse gesto, após o segundo golo da França marcado por Dimitri Payet aos 90+6, tem sido motivo de debate e de críticas na opinião pública e nos órgãos de comunicação franceses.

Veja o vídeo do momento que causou polémica em França.

Após a difusão no 'twiter' de uma imagem do gesto de Pogba por parte de um jornalista da BelN Sports, uma rede de televisão por assinatura, subsidiária do canal Al-Jazeera, dedicada à transmissão de eventos desportivos, o canal belga RTBF colocou no ar um vídeo no seu sítio na internet, cujas imagens não permitem com certeza absoluta dizer que tenha feito um 'manguito'.

No entanto, as declarações de Florent Houzout, diretor de redação do BelN Sports, que recusou difundir a sequência de imagens, deixam entender que estas desmentem a versão de Pogba.

"Somos defensores da seleção da França e este não é o momento para criar polémica desnecessária. Prefiro manter uma postura positiva", disse Houzout, em declarações ao sítio na internet do jornal LÉquipe, o qual dá conta de que o diretor do BelN Sports enviou na quarta-feira um e-mail interno aos jornalistas da cadeia para não mostrarem a "imagem feia" de PaulPogba.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG