Obra de Paula Rego avaliada em um milhão de euros falha venda

A obra "The Aunt" foi uma das três que não foram licitadas num leilão em Londres.

Uma obra da pintora portuguesa Paula Rego que foi a leilão esta quinta-feira em Londres, cujo valor estava estimado em cerca de um milhão de euros, acabou por não ser vendida.

O quadro de pastel sobre papel pintado "The Aunt" (A tia), com cerca de 1,80 por 1,20 metros, concluído em 2006, foi a leilão pela Phillips com uma estimativa de entre 800 mil libras (922 mil euros) e 1,2 milhões de libras (1,38 milhões de euros).

A obra retrata uma cena inspirada no célebre romance "Nada", da escritora espanhola Carmen Laforet, publicado originalmente em 1945, que conta a história de uma menina órfã, Andrea, que vai viver para casa de uma tia, em Barcelona.

A obra de Paula Rego foi uma das três que não foram licitadas entre 35 lotes de Arte Contemporânea e do Século XX, enquanto outra peça foi retirada antes do início do leilão.

O quadro que alcançou o valor mais alto foi "La féconde journée", de Jean Dubuffet , arrematado por 4.378.500 libras, incluindo prémio de venda, o que equivale a 5,044 milhões de euros, o dobro da estimativa mais alta.

No leilão estavam obras de artistas como Banksy, Frank Stella, Alberto Giacometti, Mark Rothko, entre outros, tendo o formato digital atraído compradores de vários países.

No total, rendeu 24.828.250 libras, equivalente a cerca de 29 milhões de euros.

"O resultado geral da venda envia uma mensagem de força ao mercado. Esperamos com expectativa pelos nossos leilões de Hong Kong e Nova Iorque em junho", disse Olivia Thornton, responsável pelo departamento de Arte Contemporânea e do Século XX da leiloeira Phillips.

Em julho de 2015, um quadro de Paula Rego no qual a pintora aludia à morte do marido, em 1988, foi arrematado num leilão em Londres por 1,6 milhões de euros, estabelecendo um recorde da artista portuguesa.

Uma outra obra da artista, "Looking Out" (1997), um pastel sobre papel em suporte de alumínio, com estimativa entre 707 mil euros e 989 mil euros, foi arrematado no mesmo leilão por uma licitação final de 1.360.941 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG