Ator de 'Empire' acusado de 16 crimes por falsa denúncia de agressão

Investigação descobriu que terá sido o próprio Jussie Smollett a recrutar dois homens para simular a agressão racista e homofóbica, o que ele nega.

O ator Jussie Smollett, conhecido pelo seu papel em Empire, foi acusado de 16 crimes de conduta desordeira por um grande júri em Chicago, depois de ter apresentado uma falsa denúncia de agressão racista e homofóbica.

Até agora, o ator tinha sido acusado de apenas um crime de denúncia falsa à polícia, pelo qual poderá ser condenado a até três anos de prisão (uma pena que não deverá mudar, apesar do aumento do número de acusações). Agora, oito acusações são de falso testemunho a um agente de polícia, enquanto os outros oito são de um relato mais pormenorizado do alegado crime de agressão a um detetive.

Smollett disse à polícia no final de janeiro que tinha sido agredido por dois homens quando tinha ido comprar comida a um restaurante às 02.00 da madrugada. Alegou que os homens gritaram, enrolaram uma corda à volta do pescoço e lançaram uma "substância desconhecida" em cima de si.

A polícia disse que Smollett, que é homossexual e afro-americano, alegou que os atacantes tinham gritado que ele estava em "território MAGA", numa referência à sigla do slogan de campanha do presidente Donald Trump, "Make America Great Again" (tornar a América grande novamente, em português), que os críticos consideram ter ganhado contornos racistas e discriminatórios.

Depois da investigação, a polícia descobriu que Smollett recrutou os dois homens por 3500 dólares para simular o ataque porque estava chateado com o seu pagamento na série da Fox. O ator nega qualquer papel no ataque.

Os alegados atacantes foram detidos no aeroporto de Chicago e concordaram cooperar com a investigação e testemunhar diante do grande júri, que tem por missão decidir se os elementos disponíveis são suficientes para justificar a existência de um processo e, em caso afirmativo, preparar a acusação. Os dois, identificados como Abel e Ola Osundairo, trabalharam na série Empire.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG