Katy e Ricardo foram fazer voluntariado, mas faltou-lhes a vontade de voltar

Katy Deodato e Ricardo Santos tinham bilhete de ida e volta, com cinco meses contados para fazer voluntariado e viajar. Mas faltou-lhes a vontade de voltar. E foram ficando.

Katy Deodato «massacrou» o marido. Queria fazer uma viagem, andar pelo mundo. Sabia que ele a acompanhava no desejo, mas o problema de Ricardo Santos era o «lado responsável» que não o deixava pôr a hipótese de largar tudo e deixar Leiria para trás. Os dois na casa dos 30, estavam empregados e tinham o apartamento onde viviam como única despesa [...]

Para saber mais clique aqui: www.voltaaomundo.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG