Restaurante Raya traz para a mesa o conceito inovador "da quinta para a praia"

Nas margens do Alqueva, no Concelho do Alandroal, surge o primeiro beach club "da quinta para a praia", em que todos os produtos confecionados são produzido numa quinta biológica Terramay.

Colher, lavar e servir, é assim que começam as manhãs do chef Filipe Rebocho, que leva da horta biológica Terramay todos os ingredientes que depois confeciona no restaurante Raya.

O Raya Beach Club, situa-se na praia fluvial das Azenhas d'EL Rei, no Alandroal e, trata-se de uma conceção da quinta biológica Terramay que abriu recentemente com um conceito inovador e único no país, o farm to beach, ou seja, da quinta para a praia, em que cerca de 80% dos produtos apresentados no cardápio do restaurante são produzidos nesta quinta biológica.

"É uma forma diferente de trabalhar, de pensar e criar refeições. Normalmente o chefe cria um menu e encomenda os produtos. Aqui trabalhamos de forma micro sazonal e com o que a horta nos dá. É um desafio diário, mas que vale a pena, porque mostra-nos as origens da comida e a essência de cada vegetal", afirma o chef Filipe Rebocho.

No restaurante Raya, os produtos vêm diretamente da quinta biológica Terramay ou de produtores regionais e biológicos. Todas as refeições são cozinhadas no momento para que, além de saborosas, sejam saudáveis e amigas do ambiente. No Raya é também possível marcar jantares de grupo e eventos, com um menu especial.

"A cozinha do Raya, oferece comida simples, com a essência e frescura de cada produto, mas com muita qualidade", acrescenta Anna de Brito, cofundadora da Terramay e gerente do Raya. "Queríamos produzir os nossos produtos biológicos, tanto as carnes como as verduras", continua Anna de Brito.

O objetivo dos fundadores é atingir um público português e estrangeiro já que o conceito de bar na praia é propício a mais visitas durante o verão.

"Os nossos produtos são apanhados diariamente de forma a garantir a frescura e preservar ao máximo os nutrientes", explica Anna de Brito. "Os nossos produtos são biológicos, não utilizamos sementes manipuladas geneticamente, tratamentos preventivos nem adubos que não sejam naturais, o que naturalmente os diferencia", reforça.

Peixe do rio (lúcio-perca) em tempura (um género de fish & chips), Lagostins do rio, Hambúrguer biológico Terramay, maionese caseira ou cebola da horta caramelizada, são algumas das iguarias preparadas no restaurante Raya, pelo chef Filipe Rebocho.

As maiores dificuldades para o restaurante, foram essencialmente técnicas. "Faltava-nos muitas vezes a luz e a internet, tornando-se mais complicado confecionar a comida e fazer faturação", afirma a gerente.

Quanto a futuras oportunidades de expansão do negócio, Anna de Brito afirma que "por agora queremos focar-nos no restaurante por ser um conceito único e inovador, no entanto pretendemos abrir um hotel Terramay com o mesmo conceito na parte da restauração".

A Terramay Portugal, herdade com 562 hectares, localizada na freguesia do Rosário, concelho do Alandroal, é um projeto de agricultura regenerativa 100% natural, que tem como missão criar um ecossistema equilibrado que produza alimentos saudáveis.

Para além de verduras, a quinta biológica conta com porcos de bolota Pata Negra, cabras, ovelhas Merino, patos, cavalos e mais de 300 aves, bovinos de raça Mertolenga "raça uma raça extinta, optámos por esta carne exatamente por estarem em extinção", reforça a gerente.

Diferencia-se pela sustentabilidade, a neutralidade carbónica e a preocupação com a regeneração dos ecossistemas e adaptação da vida selvagem aos habitats em mudança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG