Exclusivo "Quando pinto ou dou palestras faço-o sempre com a ideia de ajudar as pessoas"

Escolher um lado B da designer madeirense Nini Andrade Silva não é fácil. À pergunta responde que o seu lado B é igual ao A: o trabalho. "Estou sempre a trabalhar, trabalho muito e a toda a hora", diz. Com alguma insistência cede revelar a sua paixão além daquilo que faz no dia-a-dia e pelo qual é reconhecida internacionalmente. Começa por dizer que é a pintura.

"Quando tenho algum tempo gosto de pintar, aliás, já fiz algumas exposições em vários pontos do mundo e tenho quadros no meu designer centre no Funchal." Mas logo de seguida, quase atropelando-se, explica um outro lado B que a move e comove. A Associação Garouta do Calhau. "É uma associação que já existia, mas no dia em que fiz 50 anos ofereceram-me a fundação com o mesmo nome. Foi um momento único, pensei que ia ver uns miúdos dançar na rua e não estava à espera do que me fizeram."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG