Não permita que a chuva molhe a sua roupa. Secagem (quase) ao ar livre

A manutenção da roupa torna-se mais complicada no inverno e apesar de as máquinas de secar em tambor serem muito evoluídas não deixam de ter desvantagens relativamente à velha tradição de estender ao ar. Mas quando tal se torna impossível... a tecnologia oferece alternativas.

Há tradições que, por alguma razão, simplesmente não passam e secar a roupa no estendal é uma delas. Apesar de as máquinas de secagem dedicadas, em tambor, ou de lavagem e secagem serem cada vez mais sofisticadas, parece não haver substituto verdadeiro para a sensação de frescura das peças de vestuário ou roupa de casa secada ao ar.

O problema é quando o tempo não ajuda... Como nos meses que se aproximam.

Na maioria das casas, a improvisação -- como a secagem junto aos aquecimentos ou em toalheiros aquecidos -- acabam por ser soluções de recurso, mas seriam desnecessárias com um investimento até nem muito grande numa das alternativas que o mercado oferece.

O tradicional estendal só que eletrificado

Como bem sabe qualquer pessoa que lave e estenda roupa, parece que o espaço para pendurar as peças depois de as lavar, por muito que haja, nunca chega. Por isso acaba-se sempre por comprar um estendal portátil dobrável para meter na varanda, na cozinha ou no quarto ao fim de semana.

E se este, em vez de ser simplesmente mais um sítio para espetar com a roupa ao ar, ajudasse ao processo de secagem aquecendo? É o que faz o estendal elétrico Delba, de 230 Watts que a LeRoy Merlin tem em catálogo por 50 euros.

O problema desta opção, no entanto, é que apesar de aquecida, a roupa fica ao ar e grande parte da energia (aquecimento) gerada pela eletricidade acaba por perder-se.

Algo que é minimizado numa solução do género TendoSpazio Magic Dry. Trata-se de um estendal vertical mas totalmente dobrável, ideal para quem só precisa de usar estes equipamentos mesmo em dias de chuva, em que sobre o estendal se coloca o sistema de aquecimento. Depois de estendida a roupa, fecha-se em tenda, de forma a que o ar quente se mantenha no interior, para que a energia não se perca.

Anuncia poder secar até 20 kg de roupa ao mesmo tempo. À venda na Amazon.es por 70 euros.

Rápido e ótimo para camisas... e não só

Uma das mais eficazes soluções de secagem de roupa que existem, no seu género, é o da Secamatic Turbo+, que funciona por emissão de ar quente, tem 1000 watts de potência e a roupa é colocada nos suportes já em cabides. Se as peças de roupa não vierem muito amarrotadas da máquina, até quase não precisarão ser passadas, depois de secadas. Custa 80 euros no Amazon.es.

Uma solução semelhante, mas com muito mais espaço - capacidade para até 30 kg de roupa - é o Secamatic Máxima XXL, que já é do tamanho de um pequeno armário. O sistema é o mesmo, inclui até temporizador, de forma que torna possível, por exemplo, programar as horas a que se pretende que se inicie o ciclo de secagem. Por 105 euros na Amazon.es.

Tecnicamente, todas estas soluções têm a vantagem de serem mais delicadas com as fibras do que os tambores de secagem, uma vez que não existe o atrito da roupa andar às voltas, roçando-se, no processo.

Por outro lado, são todas, convenhamos, verdadeiros atentados à estética. Mas também, o que é para ser bonito é a roupa que elas secam e protegem, não é verdade?

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG