Um recanto de verão: praia de lava no Sul da Islândia

Muitos conhecerão a paisagem da Guerra dos Tronos, ​​​​​​​uma das muitas séries ou filmes que têm sido rodados na Islândia. Mas não há nada como ir aos lugares e senti-los.

A Praia da Areia Negra de Reynisfjara, em Vik, fica no sul desta ilha do Atlântico Norte. A água é fria e as ondas traiçoeiras, por isso o conselho N.º1 é não abordar o mar com excesso de confiança, pois apesar de os portugueses serem um povo do mar, cada caso é um caso, não é tudo igual.

A sua energia é mágica. Como o próprio nome indica, a areia é negra, não branca. Tão pouco é macia. São milhões de pedrinhas negras. Espalhadas por uma área enorme.

A tonalidade vem da lava do vulcão Katla, que fica ali perto, cuja última erupção data de 1918. Quando a lava quente fluiu em direção às águas frias do oceano, o abrupto contraste da temperatura acabou por formar pequenos fragmentos de basalto e deu origem a esta paisagem magnífica.

Numa das curvas da praia destacam-se três pedras gigantes no meio do mar. Diz a lenda, que na verdade elas são três trolls que tentavam arrastar um veleiro de três mastros para terra mas ficaram petrificados ao serem surpreendidos pelo nascer do sol.

Há lendas sobre trolls para todos os gostos nesta Islândia dos vulcões, glaciares, icebergues, geisers, algodão, ovelhas e descendentes dos vikings.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG