"Quadra tranquila". Saiba o que esperar do tempo para o Natal

Norte e centro poderão ser afetados por precipitação fraca e passageira na véspera de Natal, mas as temperaturas não deverão variar muito das sentidas nos últimos dias. Máximas podem chegar aos 18ºC em Faro e Setúbal

O Natal nem sempre é passado com a companhia da chuva, mas quase sempre é passado com temperaturas baixas. Este ano, tudo indica que a quadra natalícia se fará com temperaturas normais para a altura do ano e na ordem do que se tem sentido nos últimos dias, bem como quase sem precipitação, pois só o norte e centro do país poderão ser afetados por chuva fraca e passageira no dia 24 de dezembro, véspera de Natal.

Será uma "quadra natalícia tranquila", explicou ao DN a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) Cristina Simões. Possível precipitação na segunda-feira não passará de "uma situação passageira" e dia 25 de dezembro já não deverá contar com chuva.

Para o dia 24 e 25, ainda segundo a especialista, "as temperaturas não vão ter alterações muito significativas de acordo com o que se tem sentido", registando entre os 16º C e os 17º C nas regiões do litoral. No interior, serão um pouco mais baixas, com temperaturas máximas nos entre os 10º C e os 12º C. "Nada de anormal", explica. O cenário deverá ser sentido de igual forma pelas regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

Os distritos de Bragança, Guarda, Viseu e Vila Real deverão ser os mais frios na véspera de Natal, de acordo com a informação disponibilizada no site do IPMA, com temperaturas mínimas que podem variar entre os 2º C e os 4º C.

Já algumas regiões mais a Sul, como Faro e Setúbal, serão as mais quentes, com máximas a rondar os 18º C.

Ainda para este sábado, há "alguma possibilidade de ocorrência de precipitação fraca no Minho, até ao início da manhã", explica a meteorologista. "Em todo o restante território, teremos períodos de céu nublado e pouco nublado na região sul". No mesmo dia, poderá verificar-se "formação de gelo ou geada no interior, durante a noite e início da manhã".

Para domingo, "prevê-se que permaneça nos mesmos valores, sem precipitação, vento fraco a moderado".

Relativamente às previsões que podem ser feitas para a última quadra festiva do ano, o Ano Novo, a meteorologista do IPMA diz ser ainda muito cedo para avançar informações precisas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG